Pesquisar este blog

sexta-feira, 26 de março de 2010

Yes, eu amo pipoca! Mas faço dieta... Sempre.

Quem me conhece sabe que vivo de dieta. Dessa vez, porém, acho que acertei a mão e venho emagrecendo o que eu quero, com o acompanhamento de uma nutricionista (que, acho, não abandonarei nunca mais), mas de maneira realista: sem estresse e sem grandes restrições. Lembro da primeira vez em que estive no consultório dela, há coisa de um ano, e disse, na lata: "Olha, o problema é que eu não quero deixar de sair com meus amigos, tomar minha cerveja e comer besteira de vez em quando. Aceito reduzir tudo, manter as coisas equilibradas no meu dia a dia, mas não quero eliminar nada disso, ok?" E, putz, ela não só topou como ainda me deu alguma razão e me ensinou mil truques e estratégias para não morrer de fome e ainda me divertir com meus amigos, apesar da cara assustada que fez.

Desde então, tenho procurado ser mais saudável. Há tempos já vinha me cansando dos excessos. Pelo menos, da frequência com que esses excesssos surgiam pelo meu caminho. Não tenho vesícula desde os 22 anos (e lá se vão 10 anos), tenho histórico familiar de obesidade e de problemas no sistema digestivo. Sinceramente, achei que era hora de investir em qualidade de vida. E sabe que não tem sido tão complicado? Adoro pão e arroz integral, não faço questão de comer massa, nem queijo, e não sei fazer um prato de comida sem salada. Além disso, procuro tomar chás, comer frutas... Essas coisas que todo mundo sabe, mas não faz. A verdade é que como com os olhos e, confesso, quanto mais colorido for o prato, mais feliz eu fico. Meus hábitos alimentares só precisavam de um pequeno ajuste, principalmente no que dizia respeito à quantidade de calorias... E creio que, ainda que aos trancos e barrancos, tenho conseguido isso.

Pois bem, em teoria, tudo vai muito bem: além de controlar a alimentação, tenho conseguido me exercitar com frequência (faço o circuito da Contours cerca de quatro vezes por semana) e ainda brinco no Wii Fit sempre que possível. Entretanto, confesso, esse lance de controlar a alimentação nem sempre funciona, não. Cheguei a um ponto perigoso em que cedo a tentações e caprichos mais vezes do que gostaria. Ando gulosa demais. E tem sido difícil resistir, principalmente, a doces e guloseimas em geral. Como agora, por exemplo, que escrevo este post: acabo de ligar para o pipoqueiro e encomendar sacos de pipocas para todos do setor. Pois é, aqui somos atendidos pelo serviço de um Disk Pipoka. Obviamente, não resisti e pedi um saquinho também... misto: doce com leite condensado e salgada com bacon. Ai, caramba... Nem pensei. Já até comi. Estava tão bom... :-D

Para os curiosos e gulosos de plantão, interessados em pedir sua pipoquinha no trabalho, sem deixar salas e corredores fedendo a pipoca de micro-ondas, deixo aqui a propaganda do Disk Pipoka do Nelsinho, na Cinelândia (RJ):

DISK PIPOKA DO NELSINHO! TEL: 3472-8924 OU 8519-0236
De segunda a sexta, das 15h às 20h30, sem nenhum custo adicional
Quem preferir comprar in loco pode ir até a esquina de Rio Branco com Santa Luzia

  Este é o famoso Nelsinho, em foto
tirada de seu blog

Agora, vamos ao cardápio (tirado, também, do blog):

Sabores: Salgada comum, Salgada com bacon, Doce comum, Doce com leite condensado, Doce com chocolate e granulado.

Preços: Média (R$ 2,00); Grande (R$ 3,00); Cinema (R$ 4,00)

Entregas: Santa Luzia, Praça da Cinelândia, Álvaro Alvin, Senador Dantas, Lapa, Chile, Treze de Maio, Almirante Barroso, Porto Alegre, Pedro Lessa, México, Graça Aranha, Calógeras, Presidente Wilson, Beira Mar, Antonio Carlos (e posso garantir que eles já vêm até aqui: General Justo).

Se preferirem, sigam-no no Twitter!

Comam com sabedoria (e moderação, se preciso).

3 comentários:

rinape disse...

Bia.tudo que é bom ENGORDA e é proibido...eu que o diga

Beatriz Fontes disse...

Ricardo, o pior é que eu tenho a maior bronca de pipoca de micro-ondas... Mas pipoca de carrocinha é diferente, sabe? :-P

Ivo Korytowski disse...

Obrigado pelas dicas valiosas deixadas em comentário no meu Literatura & Rio de Janeiro!