Pesquisar este blog

quarta-feira, 26 de julho de 2006

O Beco do Rato faz lembrar uma Lapa que já não há

Quem vê o bar assim vazio não dá nada pelo lugar...

Quero aproveitar o post da minha amiga Julie (lá no blog dela, o Circuito Alternativo... Ou seria Agenda Cultural? Agora fiquei na dúvida!) para falar também do Beco do Rato. Para quem não conhece, trata-se de um botequim (pé-sujíssimo) que faz lembrar uma Lapa que já não existe mais. Afinal, em tempos de casas chiquérrimas, altíssimas produções e bares da moda, quase não sobra espaço para o meu, o seu, o nosso bom e velho boteco.

Agradeço, aqui, aos meus amigos do PSTU, pois foram eles que me apresentaram o lugar quando a sede do partido foi parar ali nas imediações. Da primeira vez, estive lá de passagem. Tinha um outro compromisso em outro lugar. Mas guardei na lembrança, esperando poder combinar de novo, levando os amigos a tiracolo. Foi o que fiz na última sexta-feira, assim que a Eugênia (aliás, por favor, não divulga ainda na Agenda não!!!) comentou que tava querendo conhecer o lugar. Por isso, quando li o que a Julie escreveu, tive certeza de que tinha acertado na mosca (ou seria no rato?).

O bar fica na rua Morais e Vale 5, bem na esquina com a Joaquim Silva. Mas, atenção! O pessoal teve dificuldade em encontrar, porque não é no trecho da Joaquim Silva que é paralelo à rua da Lapa e, sim, no que corta a própria. Ou seja, indo em direção à Glória pela rua da Lapa, passou o Ernesto, é só virar na primeira esquerda. Não tem erro! O samba rola toda sexta-feira (com o grupo Imorais e Valem, assim batizado em alusão ao nome da rua...). Não há cobrança de couvert, mas como lembrou a Ju, é bom chegar cedo!

Estou louca para conferir os demais eventos culturais que acontecem por lá. Ao que parece, toda quinta-feira tem um cineclube seguido por uma roda de choro. Encontrei muita gente conhecida por lá... Gente com quem eu costumava esbarrar pelas rodas da cidade. Muitos estão batendo ponto no Beco do Rato agora. Até porque a cerveja é estúpida... E farta. Pena que faltam copos de vidro para todos! Mas tem para todos os gostos (da Cintra à Original, passando pela Bohemia). Além disso, em termos de Lapa, tem um bom preço (R$ 3 / R$ 3,50). Outra coisa: a comida não é ruim (nem muito cara). Só demora pacas. E, bem, tem o banheiro... Meninas, é bom levar papel...

PS: A foto eu tirei lá do site Lá na Lapa, tá? Se procurarem pelo Beco do Rato, verão que ele já está lá.

2 comentários:

Julie Carvalho disse...

Que a gente sempre encontre bons botecos como esse!! Por enquanto não posso ir às quintas pq tenho aula, mas às sextas estamos lá!!

Beijão da Julie

Rosana disse...

Oi Bia! dessa vez vc saberá, sem ser pessoalmente, que visitei seu blog.
Outro dia, atravessando a Rio Branco a noite, já atrasada para fazer uma prova, acho que ví vc de longe num arrastão...
Quero provar os pasteizinhos do Adão! hum... só não sei qdo pois ainda estou "nursering" o Paulo.
Bjs.
Rosana.